Est. June 12th 2009 / Desde 12 de Junho de 2009

A daily stopover, where Time is written. A blog of Todo o Tempo do Mundo © / All a World on Time © universe. Apeadeiro onde o Tempo se escreve, diariamente. Um blog do universo Todo o Tempo do Mundo © All a World on Time ©)

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Meditações - Estamos aqui a matar o tempo

A vida é fictícia, as palavras perdem a realidade. E no entanto esta vida fictícia é a única que podemos suportar. Estamos aqui como peixes num aquário. E sentindo que há outra vida ao nosso lado, vamos até à cova sem dar por ela. Estamos aqui a matar o tempo.

Raul Brandão

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Janela para o passado - Há 60 anos - velas Champion, 1958

As canetas Montblanc no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Iconografia do tempo - automóveis Fiat

Passatempo - Vá à antestreia de Peppermint, o thriller mais aguardado da rentrée


Peppermint, um filme de Pierre Morel, com Jennifer Garner como protagonista, é aguardado com grande expectativa. Quando o marido e a filha de Riley North (Jeniffer Garner) são mortos num drive-in, apanhados no tiroteio de membros de um cartel de droga, e os assassinos saem absolvidos num julgamento corrompido, ela toma o assunto como seu e faz justiça pelas próprias mãos, destruindo quem lhe destruiu a vida.

Os leitores do Relógios & Canetas online podem ser os primeiros a ver o filme. Em parceria com a Cinemundo, distribuidora para o mercado nacional, estamos a oferecer 20 convites duplos para a antestreia em Lisboa e outros tantos para a antestreia no Porto.

Para participar neste passatempo, nada mais fácil – escreva um email para anuariorelogioscanetas@gmail.com, até 20 de Setembro, dizendo-nos quem, no filme, é Peppermint. E se quer ver em Lisboa ou no Porto. Os primeiros 20 mails com a resposta certa, para cada uma das cidades, serão contemplados com os convites duplos.

A estreia de Peppermint está prevista para 27 de Setembro, e as antestreias devem ocorrer a 25 ou 26 desse mês. Seja o primeiro a ver um dos thrillers mais aguardados da rentrée. Quem é “hortelã pimenta”?

Meditações - O tempo mói

O hábito é que me faz suportar a vida. Às vezes acordo com este grito: - A morte! A morte! - e debalde arredo o estúpido aguilhão. Choro sobre mim mesmo como sobre um sepulcro vazio. Oh! Como a vida pesa, como este único minuto com a morte pela eternidade pesa! Como a vida esplêndida é aborrecida e inútil! Não se passa nada, não se passa nada. Todos os dias dizemos as mesmas palavras, cumprimentamos com o mesmo sorriso e fazemos as mesmas mesuras. Petrificam-se os hábitos lentamente acumulados. : mói a ambição e o fel e torna as figuras grotescas.

Raul Brandão

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Janela para o passado - Há 60 anos - rádios Philco, 1958

As canetas MB&F no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Iconografia do tempo - Oeiras Festival

Meditações - repetir todos os dias a mesma coisa

Existe uma certa grandeza em repetir todos os dias a mesma coisa. O homem só vive de detalhes e as manias têm uma força enorme: são elas que nos sustentam.

Raul Brandão

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Janela para o passado - Há 60 anos - filmes Kodak, 1958

Iconografia do tempo - TAP


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Os relógios Jaeger-LeCoultre no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Meditações - esquecemo-nos do minuto anterior

Fixados na ideia de História enquanto aprrensão do pretérito, habituámo-nos - ironia dos excessos de historicidade - a pensá-lo quase sempre na perspectiva de um passado distante. E quanto mais distante mais histórico e, por isso, mais verosímil, para não dizer prestigiado. Afeitos ao distanciamento venerador dos séculos, esquecemo-nos do minuto anterior que, no tempo da História, são os acontecimentos do passado recente.

Helder Pacheco in Ver o Porto

domingo, 12 de agosto de 2018

Janela para o passado - Há 60 anos - velas Champion, 1958

Flammarion e a medida do tempo


Camille Flammarion, in O Mensageiro Literário ou Horas de Recreio Instrutivo [S. d.] (Arquivo Fernando Correia de Oliveira)


Os relógios Raymond Weil no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Meditações - a noite é uma embriaguez perfeita

Entardecer na Praia da Luz

Espreguiçados, os ramos
das palmeiras filtram
a luz que sobra
do dia. É já noite
nas folhas. O branco
das paredes recolhe
o sangue e o vinho
de buganvílias
e hibiscos. Bebe-os
de um trago: saberás
que, mais do que cegueira, a noite
é uma embriaguez perfeita.

Albano Martins, in Castália e Outros Poemas

sábado, 11 de agosto de 2018

Como fazer um calendário perpétuo


Como fazer um calendário perpétuo, anónimo, in O Mensageiro Literário ou Horas de Recreio Instrutivo [S. d.] (Arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - Há 60 anos - linhas aéreas Real, 1958

Os relógios Hamilton no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Meditações - dormir um minuto... um século

Dormir um Pouco...

Homenagem a Federico García Lorca

Dormir um pouco — um minuto,
um século. Acordar
na crista
duma onda, ser
o lastro de espuma
que há no sono
das algas. Ou
ser apenas
a maré, que sempre
volta
para dizer: eu não morri, eu sou
a borboleta
do vento, a flor
incandescente destas águas.

Albano Martins, in Castália e Outros Poemas

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Falando de Santo Eloy, padroeiro de ourives, joalheiros e relojoeiros


Santo Eloy, padroeiro dos Ourives, Joalheiros e Relojoeiros, por A. D. in O Mensageiro Literário ou Horas de Recreio Instrutivo [S. d.] (Arquivo Fernando Correia de Oliveira)




Janela para o passado - Há 60 anos - whisky Grant's, 1958

Os relógios Ateliers deMonaco no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Meditações - tempo, essa pedra amadurecida

O tempo é uma pedra amadurecida ao sol das mãos, uma raiz...

Albano Martins, in O Mesmo Nome

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Janela para o passado - Há 60 anos - aviões Douglas DC-8, 1958

Meditações - vale mais estar um homem ocioso do que a fazer nada


António Feliciano de Castilho in Enciclopédia Popular Leituras Amenas, 1867 (aquivo Fernando Correia de Oliveira)


Os relógios Swatch no Relógios & Canetas online


Siga o Relógios & Canetas online no Instagram. Vejas as edições mensais aqui, aqui ou aqui, A maior plataforma em língua portuguesa dedicada à Relojoaria, Instrumentos de Escrita, Joalharia e outros Objectos de Luxo.

Há 20 anos - seriado de Verão na revista Pública sobre as relações entre Portugal e a China


A 9 de Agosto de 1998, a revista Pública, suplemento dominical do jornal PÚBLICO, incluia mais um episódio da série de artigos que escrevemos na altura sobre as relações entre Portugal e a China. Isso iria dar lugar, no final, ao livro 500 Anos de Contactos Luso-Chineses, numa edição conjunta do PÚBLICO e da Fundação Oriente.


Meditações - um minuto

For every minute you are angry you lose sixty seconds of happiness

Ralph Waldo Emerson

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Catálogo da Ebauches SA, com calibres de relógios mecânicos e de quartzo, incluindo o Delirium


Início dos anos 1980. Catálogo de calibres da Ebauches SA, empresa do grupo ASUAG (hoje ETA, detida a 100 por cento pelo Swatch Group). Centros de produção de Grenchen, Fontainemelon, Marin e Bettlach. Calibres mecânicos (de carga manual ou automáticos) e de quartzo. Nestes, as duas gerações do ESA-ETA 999.301 e ESA-ETA 999.001, que equiparam o modelo Delirium, onde a tampa da caixa serve de platina. Apresentado em 1979, com 1,68 mm de espessura, o Delirium I tinha, com caixa, 1,98 mm. Em 1980 surge o Delirium II. O Delirium IV tem 0,98 mm, com caixa incluida. O calibre delirium foi usado pela Eterna, pela Longines e pela Concord. Até hoje, o Delirium é o relógio de pulso, de quartzo, mais fino do mundo. (doação de Paulo Anastácio, arquivo Fernando Correia de Oliveira).