Est. June 12th 2009 / Desde 12 de Junho de 2009

A daily stopover, where Time is written. A blog of Todo o Tempo do Mundo © / All a World on Time © universe. Apeadeiro onde o Tempo se escreve, diariamente. Um blog do universo Todo o Tempo do Mundo © All a World on Time ©)

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Janela para o passado - Saltratos, 1961

Há 50 anos - relógios de ponto e de controle de pessoal em Lisboa, 1967


in Roteiro Geral de Lisboa 1967/68 (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Memorabilia - réplica de capacete Michael Schumacher, relógios Audemars Piguet




Chegado ao mercado - relógio Seiko Premier Kinetic Perpetual Novak Djokovic Special Edition


A Seiko é desde há quatro anos parceira de Novak Djokovic e isso tem-se materializado em vários modelos de relógios.

Para 2017, chega aos mercados em Setembro um Seiko Premier Kinetic Perpetual, disponível em duas versões, ambas personalizadas pelo tenista.

Com calibre de quartzo, mas sem pilha (sistema Kinetic, patenteado, a funcionar como um calibre automático), o relógio entra em sleep mode e retoma a hora exacta até quatro anos depois.

O Premier Kinetic Perpetual Novak Djokovic Special Edition alimenta-se assim dos movimentos do seu utilizador. Tem calendário perpétuo, indicador de 24 horas, caixa de 42,9 mm de aço com revestimento negro ou cor de ouro rosa. É estanque até 100 metros. PVP recomendado: a partir de 870 €




Meditações - apressar o correr da máquina do tempo

O gosto de coleccionar

Quem primeiro juntou ao seu ofício de ganhar o pão o gosto de coleccionar alguma coisa - copos, relógios, caixas de fósforos, selos de correio, ingratidões - fez dois achados preciosos: um motivo de interesse para a existência pardacenta de cada dia e um expediente para apressar o correr da máquina do tempo. [...]

Fidelino de Figueiredo

terça-feira, 27 de junho de 2017

Janela para o passado - Saltratos, 1961

Há 50 anos - Oficinas e Fornecedores de Ourivesarias e Joalharias em Lisboa, 1967


in Roteiro Geral de Lisboa 1967/68 (arquivo Fernando Correia de Oliveira)


Relógios Omega "vencem" a America´s Cup com a Emirates Team New Zealand


Os relógios Omega estão de parabéns. A Emirates Team New Zealand venceu a 35ª edição da America’s Cup, em vela, na regata disputada em Bermuda.

Como patrocinador e cronometrista oficial da equipa, a Omega forneceu a todos os seus elementos um relógio feito especialmente para corrida. O Speedmaster X-33 Regatta ETNZ, cronógrafo automático com função regata (contagem decrescente de 5 minutos, para antes da partida de cada regata).


Com uma vitória de 5x2 na Louis Vuitton America’s Cup Challenger Finals, os neozelandeses avançaram para a partida do America’s Cup contra o Oracle Team USA. Pela terceira vez, o ETNZ ergueu a “Auld Mug”.

A parceria da Omega com o Emirates Team New Zealand começou em 1995.


Memorabilia - réplica Felix Baumgartner, relógios Zenith


Réplica Felix Baumgartner, relógios Zenith


Com Felix Baumgartner, em Paris

Faleceu António Ramalho Carlos, fundador do Clube Relojoeiro


António Ramalho Carlos, proprietário d'A Loja do Banho, faleceu ontem, vítima de AVC. Amante da relojoaria mecânica, António Ramalho Carlos foi um dos fundadores, há precisamente 10 anos, em Junho de 2007, do Clube Relojoeiro.

O Clube Relojoeiro tinha por objectivo "fomentar uma cultura relojoeira, propondo-se para tanto, promover: reuniões regulares, conferências, sessões de formação, sessões públicas, edição, publicação e distribuição de livros, revistas e outras publicações de relojoaria".


Após algumas visitas de estudo, como à Escola de Relojoaria da Casa Pia ou à Torre das Cabaças, em Santarém, o clube deixou praticamente de ter actividade, apesar da "carolice" de António Ramalho Carlos.

Mantivemos ao longo da última década contacto com António Ramalho Carlos, motivado pelo gosto mútuo da relojoaria.


Sobre A Loja do Banho, escreveu o próprio António Ramalho Carlos:

Tudo começou em 1914 com a Casa do Chumbo de António Carlos, o meu Bisavô.

Então, no nº 184 da Rua da Boavista, em Lisboa, comercializavam-se tubos de chumbo para canalizações, azulejos, louças sanitárias e torneiras.

A segunda geração incidiu o seu negócio na parte de exteriores da casa de banho, começando a loiça sanitária e os revestimentos a representarem o maior sucesso e aceitação pelo público.

Em 1955, o meu Avô marcou a diferença perante a concorrência, ao começar a expor pequenas casas de banho na Loja. A novidade teve tanta importância que foi retratada pelo pintor Rogério Amaral em aguarelas, ainda expostas na actual Loja.

Em 1959, a Casa António Carlos, depois de lançar a gama exclusiva dos produtos Ancar, começa a trabalhar com bancadas para ensaios, onde torneiras, fluxómetros e acessórios passaram a ser testados periodicamente por amostragem.Foi o inicío do nosso controle de qualidade interno.

Em 1960, apresentámos, na Feira Internacional de Lisboa, um produto inédito: A primeira torneira electrónica sem manípulo de abertura.

Em 1987, representando já a 4ª Geração, tomei em mãos o destino da Loja e, mais uma vez, inovámos: abandonámos a parte técnica e dedicámo-nos exclusivamente à área decorativa.

Tal mudança criou a necessidade de um novo baptismo: Loja do Banho.

Instalada num dos espaços do antigo Palácio dos Almada Carvalhais, construído em 1540, onde têm nascido novos projectos como as secções especializadas e exclusivas à Loja: Banho Antigo, Banho Design, Banho Mágico, Banho Senior.

Dos míudos aos graúdos, com a nossa ajuda, todos podem ter o seu banho personalizado. E para aqueles que exigem o direito à diferença, criámos o Banho Projecto.

Meditações - periferia dos dias

Aproveitemos o dia
que nos é dado viver
e não queiramos saber
da sua periferia!

João de Castro Nunes

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Janela para o passado - Pepsodent, 1961

Há 50 anos - ourivesarias e joalharias em Lisboa


in Roteiro Geral de Lisboa, 1967/68 (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

 

Memorabilia - chávenas para café, relógios Vostok Europe

Meditações - a escrita e o tempo

To write is to no longer put in the future a death always already past, but to accept that one must endure it without making it present and without making oneself present to it; it is to know that death has taken place even though it has not been experienced, and to recognize it in the forgetting that it leaves, whose traces, which can be erased, call upon one to exempt oneself from the cosmic order—where disaster makes the real impossible and desire undesirable.

Maurice Blanchot

sábado, 24 de junho de 2017

Ourivesaria e Relojoaria M. Azevedo, Vila Nova de Gaia, 1983


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - Saltratos, 1961

Memorabilia - perfume Chanel Nº5, relógios Chanel

Meditações - Time begins now

Time
begins now, in which he hears again
that pulse which is the narrative
sea, at dawn when its pull is strongest.
What has brought us here
will lead us away; our ship
sways in the tinted harbor water.
Now the spell is ended.
Give him back his life,
sea that can only move forward.

Louise Gluck

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Memorabilia - crisântemos para plantar, relógios Christophe Claret

Relógios Omega de Ville, 1981


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - Saltratos, 1961

Chegado ao mercado - relógio Breitling Superocean 44 Special


Breitling Superocean 44 Special. Cronómetro certificado COSC. Calibre automático, com, data. Caixa de 44 mm, de aço, com luneta unidireccional,  de cerâmica. Coroa de enroscar. Estanque até mil metros. Braceletes: de borracha, Ocean Racer; ou de aço, Diver Pro/Professional.

Meditações - coração frio

Há quem durante o Estio
ou na força do Verão
não deixa de sentir frio
dentro do seu coração!

João de Castro Nunes

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Conjuntura - Portugal no Top 20 dos mercados para a relojoaria suíça


Pela primeira vez em muitos anos, Portugal ascendeu em Maio ao top 20 dos mercados de destino da relojoaria suíça. Em comparação com mês homólogo de 2016, as importações relojoeiras helvéticas aumentaram 17,8 por cento em valor. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, Portugal está em 21º lugar entre os principais mercados de exportação de relógios suíços, com um aumento de 10,6 por cento face ao ano passado.

Em termos gerais, as exportações relojoeiras suíças cresceram 9 por cento comparadas com Maio de 2016. Trata-se do segundo mês consecutivo positivo, depois de um ciclo negativo de mais de dois anos. No acumulado, o balanço ainda é negativo - menos 1 por cento face a 2016 e menos 10,3 por cento face a 2015.

Comportamento dos principais mercados em Maio: Hong Kong (+18,1%), China (+34,4%), Japão (-3,2%), Estados Unidos (-1,1%), Itália (+26,7%), Reino Unido (+12,9%), França (+9,5%), Alemanha (+3,7%).

Memorabilia - caneta, relógios ck

Nos 60 anos do relógio Omega Speedmaster - emblema de lapela


Espólio Fernando Correia de Oliveira

Janela para o passado - Saltratos, 1961

Meditações - idades do pensamento

When you are 20, you care about what everyone thinks. When you are 40, you stop caring about what everyone thinks. When you are 60, you realize no one was ever thinking about you in the first place.

Atribuído a Winston Churchill

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Iconografia do tempo


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Chegado(s) ao mercado - Pomellato, colecção Nudo


Pomellato, colecção Nudo, anéis de vários tamanhos, que permitem várias combinações, em três cores distintas: quartzo limão, topázio azul e ametista.

Disponível nas lojas Machado Joalheiro Lisboa:
Avenida da Liberdade, 180 (Tivoli Fórum)
Porto: Avenida da Boavista, 3511 (Edifício Aviz)