Est. June 12th 2009 / Desde 12 de Junho de 2009

A daily stopover, where Time is written. A blog of Todo o Tempo do Mundo © / All a World on Time © universe. Apeadeiro onde o Tempo se escreve, diariamente. Um blog do universo Todo o Tempo do Mundo © All a World on Time ©)

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Os relógios Omega no Relógios & Canetas online


Este e outros milhares de relógios mostrados e explicados aquiaqui ou aqui, no Relógios & Canetas online, a mais importante plataforma do seu género em língua portuguesa.



On the road... again

Há 60 anos - Manuel F Crispim de Oliveira, importador de relógios fornituras e ferramentas, 1959


Espólio do relojoeiro Francisco Sobral Frade, Beja (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - há 60 anos, whisky Haig, 1959

Memorabilia - livro de apontamentos e porta-cartões, relógios Girard-Perregaux

Exportações relojoeiras suíças afundam em Outubro em Hong Kong, Portugal quebra 27 por cento


As exportações relojoeiras suíças ultrapassaram em Outubro a barreira dos 2 mil milhões de francos, graças a um crescimento de 1,5 por centro face a mês homólogo de 2018.

O aumento foi refreado pela queda acentuada daquele que já foi o primeiro mercado de destino dos relógios suíços - Hong Kong - que registou no mês passado uma quebra de 29,7 por cento, caindo para terceiro destino mundial. O resto do mundo compensou, com um aumento de 6,5 por cento.

Isto em termos de valor, já que quanto a número de relógios exportados, a queda continua de forma clara - em Outubro, exportaram-se menos 10,5 por cento do que no mesmo mês do ano passado.

Para essa quebra em volume continua a contribuir essencialmente a classe dos relógios de aço. Os relógios com preço à saída da fábrica abaixo dos 3.000 francos suíços quebraram mesmo 11,5 por cento em Outubro, com menos 225.000 unidades exportadas face há um ano.

No acumulado dos 10 primeiros meses, Hong Kong, apesar de uma quebra de 8,8 por cento em valor, continua a ser o principal mercado. Os Estados Unidos seguem-se, com um aumento de 8,8 por cento. A China, terceiro mercado, experimentou até agora um crescimentio de 15,6 por cento.

Quanto a Portugal, 23º mercado em Outubro e no acumulado do ano, continua a importar cada vez menos valor relojoeiro suíço - menos 27,1 e menos 7,3 por cento, respectivamente.


Meditações - que horas são?

Bill Rancic:

You ask Sam what time it is... he tells you how to build a clock.

The Apprentice [2004]

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Os relógios Maurice Lacroix no Relógios & Canetas online


Este e outros milhares de relógios mostrados e explicados aquiaqui ou aqui, no Relógios & Canetas online, a mais importante plataforma do seu género em língua portuguesa.

Há 60 anos - José Gonçalves, importador de relojoaria, 1959


Espólio do relojoeiro Francisco Sobral Frade, Beja (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - há 60 anos, whiskey VAT 69, 1959

Memorabilia - ementa, almoço Torres Joalheiros / relógios Girard-Perregaud, Verride Palácio

Meditações - Clocks ticked, but time did not pass

Annie Cantrell:

[voice over] Those were not welcome days. We buried sons, brothers, mothers, fathers, fiancés. . The sun rose and the sun set, but the shadows remained. When once there was sound, now there was silence. What once was whole, now was shattered.

We Are Marshall [2006]

domingo, 17 de novembro de 2019

E. Hamard, relojoeiro estabelecido em Lisboa, acusado de simular roubo, defende-se, 1848


Diário do Governo de 12 de Fevereiro 1848 (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - há 60 anos - Boémia de outros tempos, 1959


in Almanaque, Novembro de 1959




Os relógios Maurice Lacroix no Relógios & Canetas online


Este e outros milhares de relógios mostrados e explicados aquiaqui ou aqui, no Relógios & Canetas online, a mais importante plataforma do seu género em língua portuguesa.

Grande Prémio de Relojoaria do Anuário - almoço de gala no Hotel Tivoli Palácio de Seteais - uma tarde para recordar


O Grande Prémio de Relojoaria culminou mais uma vez num almoço de gala, no Hotel Tivoli Palácio de Seteais, em Sintra. A edição 2019, iniciativa do Anuário Relógios & Canetas, contou ainda com a colaboração da Casa-Museu Medeiros e Almeida, da AORP - Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal, dos Vinhos Murganheira, da NOL Jewellers, da AEMpress, da Cinemundo e da Fernanda Lamelas Arts.


Como já aqui tínhamos anunciado aqui, o Breguet Classique Tourbillon Extra Plat Squelette 5395 ganhou o Grande Prémio de Relojoaria 2019 - é o Relógio do Ano. Na imagem, João Santos, Director-Geral da Tempus Internacional, representante da marca em Portugal, com Mafalda Sanches de Baêna e Fernando Correia de Oliveira, do Anuário Relógios & Canetas.


A Casa-Museu Medeiros e Almeida, como anunciámos aqui, recebeu o Prémio Especial do Júri, pelo seu trabalho em prol da Relojoria. Na foto, Maria Mayer, curadora da Instituição, com o Director do Anuário.


Na categoria Complicação ganhou, como dissemos aqui, o Montblanc StarLegacy Nicolas Rieussec Chronograph. Na foto, Pedro Morgado, da Monblanc Portugal, com António Ponces de Carvalho, membro do júri.


Na categoria Masculino, como anunciámos aqui, venceu o Jaquet Droz Grande Seconde Quantième. Na foto, João Santos, com Jaime Ferreira Ribeiro, membro do júri.


Na categoria Feminino, como anunciámos aqui, venceu o Frederique Constant Ladies Automatic Double Heart Beat. Na foto, Laurent Mignon, da Ibelujo, representante da marca para o mercado ibérico, e Marina Coelho, membro do júri.


Na categoria Desportivo, como dissemos aqui, venceu o Zenith Pilot Type 20 Chronograph Adventure. Na foto, Joana Vasconcelos, da J. Borges Freitas, representante da marca em Portugal, e Paulo Anastácio, membro do júri.


Na categoria Design, como já tínhamos dito aqui, venceu o Hermès Arceau L'heure de la lune aventurine- Na foto, Joana Vasconcelos, da J. Borges Freitas, representante da marca no mercado nacional, e Marta Camelo, Vice-Presidente da AORP - Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal.


Na categoria Quotidiano (relógios com PVP abaixo de mil euros) venceu, como anunciámos aqui, o iron annie Cockpit. Na imagem, Jorge Pinheiro, da SRI - Sociedade Independente de Relojoaria, representante da marca em Portugal, e António Eduardo Marques, membro do júri.


Na categoria Escolha do Público (por votação online), venceu, como já tínhamos dito aqui, o Seiko Presage Jardim Japonês. Na foto, Miguel Rodrigues, da Certora, representante da marca em Portugal, e Mafalda Sanches de Baêna, do Anuário.

Em seguida, um portefólio da autoria de Ramon de Melo, com vários aspectos do evento no Hotel Tivoli Palácio de Seteais. Uma tarde com a presença dos principais players da Relojoaria e Joalharia do sector. Unidos pelo Anuário Relógios & Canetas, há quase um quarto de século a informar. Com total independência.