Est. June 12th 2009 / Desde 12 de Junho de 2009

A daily stopover, where Time is written. A blog of Todo o Tempo do Mundo © / All a World on Time © universe. Apeadeiro onde o Tempo se escreve, diariamente. Um blog do universo Todo o Tempo do Mundo © All a World on Time ©)

segunda-feira, 8 de março de 2021

Os relógios Klokers no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Meditações - Do tempo em que ainda éramos crianças

No meu escrínio de eternais lembranças,

guardo uma foto e um nome: ANA MARIA!

Do tempo em que ainda éramos crianças,

e a vida, Primavera que sorria!

 

Foi ela o sol das minhas esperanças,

e o altar das preces que eu então fazia.

Crescemos. Ela moça, já sem tranças,

tornou-se a namorada que eu queria.

 

Ana Maria, meu amor primeiro!

quem me dera saber teu paradeiro

e ouvir de novo aqueles risos francos!

... Se eu te encontrasse agora, tu ririas


Enéas de Castro

 

domingo, 7 de março de 2021

Relógios Omega, 1949


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Janela para o passado - binóculos Ross, 1956

Serração da Velha


in Almanaque do Jornal de Notícias para 1920 (arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Relógios & Canetas online - Montblanc homenageia a Muralha da China

O Anuário Relógios & Canetas, está acessível no site, no Facebook, no ISSUU, na loja Aple, no Instagram ou no quiosque virtual da TAP. A edição de Março fala das canetas Montblanc evocativas da Grande Muralha da China.




 

Os relógios HYT no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa.

Meditações - Mas veio o outono... As folhas amarelas

CALEIDOSCÓPIO 

Outrora, foste a pérola mais pura

e mais bela dos mares do Japão,

messe dourada, fonte de ternura,

o tesouro encantado de Jasão.

 

E, sendo a mais perfeita criatura, 

— flor adulta com ares de botão —

eras linda promessa de ventura,

gema rara da Líbia ou do Indostão.

 

Mas veio o outono... As folhas amarelas

lembram extintos sonhos de donzelas...

Sonhos que o tempo rápido esfumou...

 E, em vão, procuro pelo teu encanto,

e reparo — olhos úmidos de pranto —

nem a pureza o tempo conservou...


Dimas Guimarães

 

sábado, 6 de março de 2021

Janela para o passado - sabão Flores del Campo, 1921

Canetas Sheaffer's, 1949


(arquivo Fernando Correia de Oliveira)

Relógios & Canetas online - oito anos de vida e... cada vez mais forte

O Relógios & Canetas online acaba de entrar no seu nono ano de existência e constitui-se desde há muito na principal plataforma digital do seu género em língua portuguesa. A edição mensal gratuita, com a chancela da marca Anuário Relógios & Canetas, está acessível no site, no Facebook, no ISSUU, na loja Aple, no Instagram ou no quiosque virtual da TAP. Para um universo global de contactos potencialmente superior a 100 mil aderentes. E com um crescimento sustentado, sobretudo nestes tempos de confinamento e pandemia.

Os relógios Hublot no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Meditações - Nos dias tristes é Inverno

Nos dias tristes não se fala de aves.

Liga-se aos amigos e eles não estão

e depois pede-se lume na rua

como quem pede um coração

novinho em folha.

 

Nos dias tristes é Inverno

e anda-se ao frio de cigarro na mão

a queimar o vento e diz-se

- bom dia!

às pessoas que passam

depois de já terem passado

e de não termos reparado nisso.

 

Nos dias tristes fala-se sozinho

e há sempre uma ave que pousa

no cimo das coisas

em vez de nos pousar no coração

e não fala connosco.


Filipa Leal

sexta-feira, 5 de março de 2021

Janela para o passado - vinho e homens célebres, 1867


in Almanaque de Lembranças para 1867 (Núcleo de Gastronomia do Ephemera)

Relógios Cyma, 1949


Arquivo Fernando Correia de Oliveira

Participe no passatempo que lhe pode dar um relógio Seiko de mergulho

Compre a edição 2021 do Anuário Relógios & Canetas e participe no passatempo que lhe pode dar um Seiko de mergulho.


Os relógios Gucci no Relógios & Canetas online


Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Meditações - o ponteiro seguindo diz que sim, e o pêndulo chorando diz que não

 RELÓGIO 

No meu quarto sem luz, sofro sozinho,

 vendo-te, sombra pálida de alguém,

 de alguém que é o meu consolo o o meu carinho,

 única aspiração, único bem! 

 

Estrela da manhã do meu caminho,

ninguém, como eu, te quer, ninguém, ninguém...

Sem ti não beberia o amargo vinho

da vida, rosa ideal que nunca vem! 

 

E de ti como escalda a minha sede!

Tudo parece ter pena de mim,

mesmo o velho relógio da parede.

 

Relógio! — Ela virá? — Pergunto em vão.

o ponteiro seguindo diz que sim,

e o pêndulo chorando diz que não.


Salomão Jorge

quinta-feira, 4 de março de 2021

Relógios Tissot, 1949


Arquivo Fernando Correia de Oliveira

Rory McEvoy, novo Director Executivo da National Association of Watch & Clock Collectors (NAWCC), dos Estados Unidos

O britânico Rory McEvoy é o novo Director Executivo da National Association of Watch & Clock Collectors (NAWCC), dos Estados Unidos, que mantém em Columbia, Pensilvânia, o maior museu de relojoaria do país (com o qual temos colaborado e que visitámos em 2019).

Rory tem uma pós-graduação em Conservação e Restauro de relojoaria antiuga e foi anteriormente Curador de Horologia no Real Observatório de Greenwich, Inglaterra. 

Instruções para relógio carrilhão Westminster Vedette, s.d.



Livro do dia - L'horloger a l'Établi - Guide pratique du rhabilleur et du repasseur, 1904. Pertenceu ao relojoeiro Bernardo Paulino Pereira, de Santarém

L'horloger a l'Établi - Guide pratique du rhabilleur et du repasseur, tradução do alemão da obra de Wilhelm Schultz, Redactor-chefe do Deutsche Uhrmacher-Zeitung, Genebra, 1904. Com carimbo do relojoeiro Bernardo Paulino Pereira, estabelecido na Rua de S. Nicolau 155 / 157, Santarém.




Wilhelm Schultz

Os relógios F. P. Journe no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Meditações - a Primavera em flor e o Inverno polar

 A ESTATUETA


Entre os almofadões do canapé, a um canto

 da saleta, o marido, um velho obeso e alvar,

 bocejando percorre uma gazeta, enquanto

 a esposa juvenil borda ou fica a cismar... 

 

No ambiente põe o lustre um leve tom de helianto.

Que contraste apresenta esse curioso par!

Da primavera em flor ela traduz o encanto,

ele a desolação de um inverno polar...

 

"Filha, vamos dormir". — Até que ele se mova,

 se erga, e os óculos guarde, a esposa sonha... A alcova

 não a atrai, nem seduz. Bate o relógio as onze.

 

No consolo, ao passar, vê o Apolo desnudo,

a fitá-la e a sorrir ao seu desejo mudo,

na beleza pagã dos músculos de bronze...


José Simões Dias

quarta-feira, 3 de março de 2021

Janela para o passado - Excentricidades na comida, 1867


in Almanaque de Lembranças para 1867 (Núcleo de Gastronomia do Ephemera)


Relógios Gruen, 1949


Arquivo Fernando Correia de Oliveira

Os relógios Emporio Armani no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Coisas do Ephemera - aC / dC - um ano de pandemia - memória e comunicação em ciência


 

Relógios & Canetas online Março - a relojoaria e a economia fractal

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Editorial

A economia fractal e a relojoaria

Fernando Correia de Oliveira

A relojoaria suíça precisa urgentemente de se reinventar, sob pena de desaparecer face à concorrência da China. O vaticínio é feito por Xavier Comtesse, economista e matemático genebrino, que antecipa um futuro com uma economia de tipo novo, composta por relocalizações e circuitos curtos.

Em entrevista recente, Comtesse fala dos efeitos da pandemia Covid-19 à escala global e diz: “Os chineses continuam a ser consumidores de produtos ocidentais, mas vão deixar de o ser, vão procurar cada vez mais produtos Made in China. Também encontramos essa tendência de vontade de consumo local na Europa”.

Há cada vez mais marcas chinesas no mercado do luxo, nomeadamente em relojoaria. “Elas dominam a tecnologia, o que lhes permite fabricar relógios tão complexos como os suíços. Por agora, falta-lhes apenas a imagem de qualidade”, diz Comtesse.

Depois, fala daquilo que apelida de “economia fractal”. Conceito matemático, o fractal pode traduzir-se como uma espécie de matrioskas, respeitando a coisas idênticas, mas em diferentes escalas e tamanhos.

A economia fractal é composta por três aspectos-chave:

“Primeiramente, a aplicação ao nível local de tecnologias desenvolvidas globalmente. É o caso das impressoras 3D, cujas aplicações permitem criar em pequena escala tecnologias avançadas. Depois, a cadeia de valor será mais curta. Muitos objectos que hoje compramos são produtos montados numa dezena de países diferentes, mas no futuro uma boa parte dessa produção será localizada. Por fim, a economia fractal comporta a noção de econ0omia circular e de reciclagem. A ideia geral será de produzir localmente e em séries mais reduzidas. O modelo económico do ‘glocal’ vai substituir a era do digital”.

Para Comtesse, o conceito de presencial morreu em 2020. Num mundo pós-pandémico, haverá o aumento do ensino à distância, do teletrabalho, da telemedicina e dos webinars. As novas ferramentas digitais explodiram com os confinamentos e a necessidade do encontro físico foi suprimido. Todos os novos hábitos irão permanecer. A curto prazo, a economia será mista, entre o presencial (economia vertical) e o digital (economia horizontal). Mas, num futuro mais próximo do que muitos pensam, a digitalização dará lugar ao fractal.

Meditações - O relógio da igreja está batendo

 QUE INSÔNIA!

 

Como faz frio neste quarto agora!

A chuva bate em cheio na vidraça.

E o relógio da igreja, de hora em hora,

Soa. Há passos na rua... E a ronda passa...

 

Não consigo dormir. Como demora

Esta vigília que me torna lassa!

Se abro um livro, não leio. E lá por fora

Chove. Há passos na rua... E a ronda passa...

 

Dormes? Não creio... Eu sei que estás velando,

Porque eu pressinto que, de quando em quando,

Vem o teu corpo fluídico e me enlaça.

 

O relógio da igreja está batendo.

São quatro horas... Que insônia! Está chovendo.

Ouço passos na rua... E a ronda passa.

 

Corina Rebuá

terça-feira, 2 de março de 2021

Janela para o passado - vinho Cordial Lusitano, 1866

Iconografia do Tempo 240 anos da Casa Pia ilustrados com aprendiz de relojoeiro


A Casa Pia de Lisboa fez 240 anos e a efeméride foi assinalada com uma lotaria. As fracções são ilustradas com um aluno do Curso de Relojoaria, único no país.  Em fundo, ferramentas de relojoaria, doadas pelo mestre Germano Silva, para um futuro Núcleo do Tempo na Casa do Cabeço.

Coisas do Ephemera - hoje, às 18h00 - aC / dC - um ano de pandemia

Assinala-se hoje um ano desde que foi detectado um caso de Covid-19 em Portugal. O Arquivo Ephemera, em parceria com o Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), tinha marcada uma exposição para assinalar o facto, mas ela foi adiada devido ao confinamento. Realizar-se-á logo que a situação de saúde pública o permita.

Mesmo assim, não se quis deixar de marcar a data. E vai hoje para o ar, às 18h00, no Facebook do Ephemera, um primeiro programa mostrando algum do material guardado respeitante à pandemia, e onde se explica a ideia que esteve por detrás da inicitiva - preservar a Memória e questionar a comunicação de Ciência em tempos excepcionais. O programa ficará depois também disponível no YouTub.

Mensalmente, até à realização da exposição aC / dC (antes e depois do Covid) no MUHNAC, serão produzidos outros filmes, mostrando aspectos específicos dela - os objectos (como uma colecção de centenas de máscaras), as palavras (os neologismos, em colaboração com o Ciberdúvidas) as ilustrações (o Covid tratado por Cristina Sampaio, André Carrilho ou João Vaz de Carvalho, entre outros), as músicas que a pandemia inspirou, ou os milhares de posts que, tal como o vírus, se foram espalhando pelo mundo digital - entre informação institucional, charge política ou puro humor...

Nas fotos a seguir, da autoria de Luís Pinheiro de Almeida, o making-of do primeiro filme, da autoria de Cláudio Ferreia e com música original que Fast Eddie Nelson criou para o Ephemera.





Os relógios De Witt no Relógios & Canetas online

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa. 

Meditações - Como pensar o futuro sem uma conjugação com o futuro?

Na verdade, vários estudos mostram a diminuição do conhecimento lexical e o empobrecimento da linguagem: não é apenas a redução do vocabulário utilizado, mas também as sutilezas linguísticas que permitem elaborar e formular pensamentos complexos.

 O desaparecimento gradual dos tempos (subjuntivo, imperfeito, formas compostas do futuro, particípio passado) dá origem a um pensamento quase sempre no presente, limitado ao momento: incapaz de projeções no tempo. […]

Como pensar o futuro sem uma conjugação com o futuro?

Como é possível captar uma temporalidade, uma sucessão de elementos no tempo, passado ou futuro, e sua duração relativa, sem uma linguagem que distinga entre o que poderia ter sido, o que foi, o que é, o que poderia ser, e o que será depois do que pode ter acontecido, realmente aconteceu?

Christophe Clavé


Relógios & Canetas de Março já disponível

Aceda aqui ou aqui a milhares de relógios e outros objectos de luxo, mostrados e explicados. Na maior plataforma do seu género em língua portuguesa.